Início Polícia Estudante de Caxias, baleado na cabeça, morre no HUT em Teresina –...

Estudante de Caxias, baleado na cabeça, morre no HUT em Teresina – PI.

O suspeito de efetuar os disparos está foragido

137
0
Gabriel Brenno, estudante que foi baleado na cabeça em Teresina
O estudante Gabriel Brenno Nogueira de 21 anos, natural de Caxias – MA, que foi baleado na cabeça no último dia 17 de julho ao sair de uma pensão onde morava desde fevereiro, morreu às 5h45 desta manhã dia 23/07 no Hospital de Urgência de Teresina.

O garoto estava morando na Rua Paisandu no Centro de Teresina e estudava para fazer concursos, ele era natural de Caxias-MA.

O HUT (Hospital de Urgências de Teresina), emitiu nessa manhã de terça feira uma nota oficial detalhando a causa do falecimento.

Nota

O Hospital de Urgência de Teresina (HUT) comunica que o paciente Gabriel Brenno Nogueira da Silva Oliveira, 21 anos, vítima de arma de fogo, faleceu hoje, 23 de julho, às 5h45. Gabriel apresentava uma lesão cerebral grave. Esse tipo de lesão, na maioria das vezes tem repercussão sistêmica e acaba levando ao comprometimento de múltiplos órgãos. Além do comprometimento cerebral, rins e pulmões acabaram sendo afetados.

De acordo com a Polícia Civil, o homem acusado de efetuar o disparo, ja foi identificado e está foragido.

O suspeito tentou se hospedar onde a vítima foi baleada. De acordo com fontes levantadas pela polícia, ele tentou se hospedar na pensão, dizendo que era de Picos-PI e que precisava ficar por 3 meses na capital.

O suspeito, segundo uma fonte ligada ao caso que não quis se identificar, tentou se hospedar na pensão onde a vítima morava.

De acordo com a fonte, ele teria tentado se hospedar na pensão dizendo que era da cidade de Picos, sul do Piauí, e precisava ficar por três meses na capital.

Além disso, disse que trabalhava em uma empresa de radiologia que cuidava de aparelhos que ficavam nos hospitais localizados no Centro de Teresina, próximos à pensão. Além disso, disse que trabalhava em uma empresa de radiologia que cuidava de aparelhos que ficavam nos hospitais localizados no Centro de Teresina, próximos à pensão.

A fonte informou ainda que ele chegou a perguntar por Gabriel e que foi visto mais de uma vez nos arredores da pensão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui